segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Não se esconda de Deus


Há três coisas das quais temos que ter certeza dentro do nosso coração: Deus é bom, Sua misericórdia dura para sempre e a Sua verdade, a Palavra, permanece de geração em geração.
Muitos aprenderam que Deus é mau e cresceram com esse estigma em sua vida, com medo do Senhor e de ser castigado por Ele caso cometesse algum erro. Além destas pessoas, há também aquelas que não conseguem reconhecer Sua misericórdia, esperando que os outros lhe perdoem enquanto elas mesmas não conseguem perdoar. Imagine se Deus fosse assim conosco! Grande é a Sua misericórdia.
Finalmente, temos que ter a plena consciência de que a Palavra de Deus é a Verdade, e ela permanece. Passarão os céus e a terra, mas as Palavras do Senhor não passarão.
Talvez você diga: “Eu acredito nestas três coisas”. Então, por que não abrimos o coração e, com sinceridade, colocamos pra fora tudo que está oculto dentro de nós? Não entenda isso como uma acusação, mas muitas vezes pedimos ajuda, buscamos socorro, porém parcialmente.
Lembro-me de um caso contado pelo Missionário R. R. Soares, quando uma mulher que o procurou lhe pediu oração para se libertar do vício do cigarro. Ela havia dito que vários pastores já tinham orado por ela, mas até então nada acontecera. Deus deu a direção ao Missionário e lhe mostrou que o verdadeiro problema dela não era cigarro, e sim, a prostituição.
Meio que sem jeito, ele a perguntou: “Tem certeza que o problema da senhora é o cigarro?”. Ao que ela disse: “Sim, eu só tenho o cigarro como problema.”. Quando o Missionário lhe declarou que o problema era a prostituição, ela abaixou a cabeça e começou a chorar, dizendo: “É verdade, Missionário”. Perceba que ela não foi plenamente sincera, e é para este aspecto que quero lhe despertar. Não se esconda de Deus, mas creia que Ele é bom, que a Sua misericórdia dura pra sempre e que a Sua verdade se estende de geração em geração.
Quando Adão pecou, se ele cresse nestas três coisas, teria sido sincero com Deus. Mas, ao contrário disto, vemos no capítulo 3 do livro de Gênesis que este homem percebeu o erro e, temendo a punição, tentou escondê-lo, se omitir ou até fugir do próprio Deus. Ele não achou suficiente tentar transferir a culpa, que era simplesmente sua. Em momento algum o vemos reconhecer o erro e buscar a misericórdia de Deus, que é eterna.
Talvez a história tivesse sido outra. O Salmo 32 nos mostra a verdade sobre este assunto. Ele pecou, mas logo colocou o erro pra fora, crendo na bondade de Deus e na Sua misericórdia. Foi repreendido, sim, mas foi exaltado, pois a Palavra é a verdade e permanece de geração em geração.
Texto tirando de > Estudos Cristãos<