quinta-feira, 1 de março de 2012

Família, o Bem mais precioso que existe!


A Bíblia diz no salmo 27: “Se o Senhor não edificar a casa em vão trabalham os que a edificam”.
A família é algo que não pode passar despercebido em nossos dias. Este grande tesouro que é a família deve ser guardado e protegido pelo Senhor. Hoje em dia a família se encontra desagregada e sem interesses em princípios fundamentais para sua edificação. Filhos que não sabem quantos anos têm seus pais, não guardam datas de aniversários nem dos próprios irmãos, pais que são ausentes e omissos com relação a sua casa etc.
A correria do dia a dia tem levado as famílias a não terem mais a comunhão em seus lares. Temos nos preocupado com tudo ao nosso redor e tão preocupado estamos ao ponto de esquecer o mais importante. A nossa família. Temos um despertamento quando somos atingidos por algum assunto que envolve nossos familiares. Seja uma doença, um filho que esta se separando em seu casamento etc. Somos muitas vezes unidos pela desgraça e não por que somos família.

O Senhor quer nos despertar para este assunto. Nos tempos do AT; a família incluía o clã, os filhos, os primos, os avós, os servos e os escravos (Gn 46.8-26). Depois com o passar dos tempos após o exílio e já no Novo Testamento o tamanho da unidade familiar foi reduzindo-se. Mais aqui quero destacar um ponto importante. Este fato se deu por que As pessoas passaram a viver em cidades.
Os deveres com o trabalho e com a sociedade já começou a consumir a unidade familiar fazendo assim uma brecha em muitos relacionamentos. Deixando uma lacuna que foi aumentando a cada dia. Os deveres tradicionais atribuídos aos pais eram os de provedores, educadores, mestres e sacerdote. E os das mães eram os de dona de casa e mestra. Estes deveres eram ainda considerados de origem divina (Ef. 5.22 – 6.9; Cl 3.18-22) Hoje os valores da família estão cada vez mais em esquecimento. Muitas coisas e ate mesmo a mídia tem bombardeado este tão grande tesouro chamado Família. Como servos de Deus que somos, temos que resgatar estes valores a partir de nossos lares. O culto no lar, a reunião para a conversa em vez de a TV ser o entretenimento isolado de cada membro da família. Um no quarto, outro na sala ou no computador, ou escritório,etc.
Resgatar estes valores vai exigir certo esforço e também muita perseverança. Mas com certeza seremos mais que vencedores. Como vai a sua casa? E a sua família como anda? Estão sendo edificados nos princípios da Palavra ou você acha que isto não e mais necessário. Como Josué devemos dizer. “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.

Texto tirado de Estudos Cristãos.